MP denuncia donos da rede de casa de festas Enlace por estelionato

A Alguns minutos foi publicado no site O Dia Online a notícia “MP denuncia donos da rede de casa de festas Enlace por estelionato”.

Segundo veiculado pelo site do O Dia Online: “O Dia – Dupla é suspeita de lesar centenas de clientes, após pedirem falência, muitos com eventos marcados para o fim de semana seguinte ao comunicado feito pelo Facebook – Rio – O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ),denunciou e requereu a prisão por crime de estelionato, nesta quinta-feira, dos sócios da rede de casas de festas Enlace: Adair Antônio dos Santos e Monique Rocha de Lima Santos. A dupla é suspeita de lesar centenas de clientes, após pedirem falência no dia 25 de abril, muitos com eventos marcados para o fim de semana seguinte ao comunicado feito pelo Facebook. O caso foi divulgado com exclusividade pelo DIA. Fachada da Enlace Kids em Irajá%2C na Zona Norte do RioFoto: Reprodução InternetO promotor de Justiça Alexandre Themístocles também pediu o bloqueio das aplicações e investimentos em nome dos sócios, para assegurar o ressarcimento dos danos causados às vítimas. De acordo com a denúncia, 344 pessoas registraram boletim de ocorrência na 40ª DP (Honório Gurgel) e outras centenas de vítimas procuraram as 22ª (Penha), 27ª (Vicente de Carvalho) e 31ª DP (Ricardo de Albuquerque).De acordo com a promotoria, os serviços oferecidos pelos denunciados eram anunciados pelas redes sociais e atraíam as vítimas com preços abaixo do valor de mercado. Os valores giravam entre R$ 1 mil e R$ 10 mil e aumentavam à medida que os clientes incluíam mais serviços no pacote contratado. Para garantir o agendamento da festa, os sócios exigiam a antecipação do pagamento, que poderia ser feito com cheque, cartão de crédito e depósito bancário. Cartaz de promoção da Enlace KidsFoto: Reprodução InternetNa denúncia, Alexandre demonstra, de forma detalhada, a reiteração criminosa dos denunciados, que “violando o patrimônio de mais de 600 famílias, vivendo da deliberada prática de estelionatos e fazendo do crime meio de vida, ambos prometeram falsamente realizar festas em diversos salões”, destacou.Dono da rede de casas de festas Enlace se entrega à políciaNo dia 1º de junho, Adair Antônio dos Santos, 45 anos, se entregou à polícia. Na ocasião, o homem se apresentou na 25ªDP (Engenho Novo), acompanhado de seu advogado. Contra o homem foi cumprido um mandado de prisão preventiva expedido pela  2ª Vara Criminal de Madureira.Antes de se entregar, o empresário gravou um vídeo, enviado ao WhatsApp do DIA (98762-82248), pedindo desculpas aos clientes da Enlace. “Em primeiro lugar, eu queria pedir perdão a vocês, amigos, fornecedores e parceiros, em especial à minha família, por todo o transtorno causado”, disse.Segundo Adair, a mensagem divulgada na Internet não foi postada por ele. “Foi passada em grupo interno da empresa, visando afastar os funcionários para que eles pudessem se organizar e retomar as festas com a qualidade que vocês queriam”. O empresário ainda conta no vídeo que fez um pedido ao Ministério Público para que ele pudesse retomar com os eventos. No entanto, Adair alega que o pedido foi negado. “Eu estou aqui espontaneamente me entregando na 2ª Vara Criminal  e todos os meus bens foram entregues na 27ª DP (Vicente de Carvalho). Eu peço a compreensão de vocês. Eu não sou bandido e estou aqui para provar isso”, finaliza o vídeo.  Ainda não há informações sobre a prisão de Monique Rocha de Lima dos Santos, que é considerada foragida pela Justiça. “

Continuaremos seguindo as notícias relacionadas e a cada novidade atualizaremos o site.