8 filmes imperdíveis que ainda vão estrear em 2019



Hoje, a muito pouco tempo foi ocorreu a divulgação no portal: HuffPost, do artigo “8 filmes imperdíveis que ainda vão estrear em 2019”

De acordo com o que foi veiculado através do portal HuffPost:

O ano de 2019 está se mostrando um dos melhores em relação ao cinema na última década. Talvez até o melhor. E olha que ainda falta muita coisa para ser exibida tanto lá fora quanto aqui.

Por isso, resolvemos selecionar os melhores títulos que ainda estão por vir e que você não pode perder quando eles estrearem no Brasil.

Veja aqui nossos escolhidos: 

Parasita

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, Parasita é considerado por muito críticos como o melhor filme de 2019. Pelo menos até agora. Opiniões à parte, a comédia dramática do coreano Bong Joon-Ho (O HospedeiroExpresso do Amanhã) é espetacular e acerta em cheio ao captar com raríssima precisão questões sociais que são realidade no mundo inteiro. 
Sinopse: Vivendo de pequenos bicos, a família Kim sempre dá um “jeitinho” para gozar de todas as comodidades da vida moderna, mesmo morando em um sujo e apertado apartamento abaixo do nível da rua. Mas a sorte deles muda quando uma obra do acaso faz com que o filho Ki-Woo passe a dar aulas de inglês a uma adolescente de uma família rica, os Park. Infiltrado nesse mundo de luxos, ele dá um jeito de colocar toda a sua família para trabalhar na casa dos Park. Até que a antiga governanta dos Park atrapalha seus planos.
Estreia: Dia 7 de novembro.

A Vida Invisível

Outro grande destaque de Cannes, onde venceu o prêmio principal da mostra Um Certo Olhar, o brasileiro A Vida Invisível é, nas palavras de seu diretor, o cearense Karim Aïnouz, um “melodrama tropical”. Descrição perfeita para este sensível e tocante drama passado no Rio de Janeiro da década de 1950. Destaque para a pequena (mas divina) participação da veterana Fernanda Montenegro. O final é simplesmente sublime. 
Sinopse: Mesmo com personalidades muito diferentes, as irmãs Guida e Eurídice são muito próximas. Mas as coisas mudam quando Guida decide fugir para a Grécia com um marinheiro por quem se apaixonou. Eurídice sonha em estudar piano em um conservatório de Viena, mas acaba se casando com Antenor. Meses depois, Guida volta da Grécia desiludida e grávida, e não é aceita de volta por seu pai, que diz a ela que Eurídice foi estudar piano na Áustria. Com isso, as irmãs vivem anos separadas sem saber que vivem na mesma cidade.
Estreia: Dia 21 de novembro.

Dois Papas

Novo trabalho do cineasta brasileiro Fernando Meirelles (Cidade de Deus, Ensaio Sobre a Cegueira), Dois Papas é tratado pela Netflix, produtora do filme, como um de sus títulos mais importantes do ano. Jonathan Pryce, como o Papa Francisco, e Anthony Hopkins, como Bento XVI estão cotadíssimos ao Oscar. E olha que a categoria de melhor ator tem tudo para ser uma das mais fortes de todos os tempos.
Sinopse: Descontente com o papado de Bento XVI, o cardeal argentino Jorge Bergoglio vai a Roma para pedir sua aposentadoria. Porém, ele é surpreendido por um convite do próprio papa para visitá-lo. Ao chegar, os dois iniciam uma longa conversa onde debatem não só os rumos do catolicismo, mas também de questões particulares de cada um.
Estreia: O filme estreia diretamente na Netflix, no dia 20 de dezembro.

O Irlandês

O Irlandês é a grande aposta da Netflix para abocanhar a maior quantidade de estatuetas do Oscar possível. E tem tudo para conseguir. A recepção ao filme de Martin Scorsese no Festival de Nova York, em setembro, foi das melhores. Também, pudera, reunir Scorsese, Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci em um épico que envolve máfia e política é um combo praticamente irresistível.  
Sinopse: Frank Sheeran é um veterano da Segunda Guerra Mundial que concilia a vida de caminhoneiro com a de assassino de aluguel número um da máfia. Conhecido como “O Irlandês”, ele é promovido a líder sindical e torna-se o principal suspeito do até hoje não resolvido desaparecimento do sindicalista Jimmy Hoffa, em 1974.
Estreia: No Brasil o filme terá exibições em salas selecionadas no dia 14 de novembro. Entra no catálogo da Netflix no dia 27 de novembro.

Star Wars – A Ascensão Skywalker

Último filme da terceira trilogia da saga Star Wars, Ascensão Skywalker tem tudo para ser épico, fechando um ciclo de uma nova geração de carismáticos personagens da franquia, como Rey, Kylo Ren, Finn e Poe, e se despedindo de vez da saudosa Carrie Fischer, a eterna Princesa Leia.
Sinopse: Guardada a sete chaves pela Disney, pouco se sabe da história de Ascensão Skywalker a não ser a luta final (mesmo?) entre a Primeira Ordem e a Resistência.
Estreia: Dia 19 de dezembro.

O Farol

Novo (e super aguardado) filme de Robert Eggers, mesmo diretor de A Bruxa (2015), O Farol é um projeto ainda mais surpreendente que seu primeiro longa. A produção é radical em tudo, no tema, no formato e por contar com apenas dois personagens, vividos de forma brilhante por Robert Pattinson e Willem Dafoe.
Sinopse: Uma dupla de faroleiros acaba de começar um turno de duas semanas em um isolado farol na costa da Nova Inglaterra em 1890. Irritado com as ordens do experiente marinheiro Thomas Wake, o novato Winslow começa a se irritar com tudo e, com o tempo, passa a perceber que há algo muito estranho acontecendo naquele lugar.
Estreia: Dia 2 de janeiro de 2020.

O Escândalo

Poucos críticos nos Estados Unidos já viram O Escândalo, mas a recepção ao drama baseado em fatos reais envolvendo o ex-CEO da Fox News e âncoras famosas foi das melhores. Tanto que o poderoso trio de protagonistas Nicole Kidman, Charlize Theron e Margot Robbie estão sendo apontadas como nomes certos nas listas de concorrentes ao Oscar.
Sinopse: O filme que retrata um escândalo de assédio sexual que veio à tona em 2016, envolvendo a famosa âncora Gretchen Carlson, que acusou o então presidente da rede de TV Fox News, Roger Ailes, de assédio sexual.
Estreia: Dia 30 de janeiro de 2020.

Uncut Gems

Apontados como as grandes revelações do cinema independente americano, os irmãos Benny e Josh Safdie voltam com tudo após o excelente Bom Comportamento (2017). A grande surpresa fica a cargo da participação do comediante Adam Sandler em um papel “sério”. E ainda mais surpreendente é o fato de que a crítica está celebrando sua performance e apontando ele como um dos fortes concorrentes ao Oscar em 2020.
Sinopse: Dono de uma loja de joias em Nova York, Howard Ratner está afundado em dívidas. Até que uma oportunidade de ouro aparece: a venda de uma pedra preciosa não lapidada enviada diretamente da Etiópia. Inicialmente, ele a oferece ao astro da NBA Kevin Garnett, mas depois resolve que conseguirá faturar mais com a pedra colocando-a em um leilão.
Estreia: O filme não tem definição de estreia nos cinemas brasileiros. Por aqui ele é distribuído pela Netflix, que ainda não decidi se a produção ganhará alguma sessão especial no País ou se será lançado diretamente em sua plataforma. Nos Estados Unidos o filme entre em cartaz no dia 13 de dezembro. 

Continuaremos a seguir as notícias e publicando vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *