Advogado é preso acusado de tentar extorquir milhões de dólares da Nike

A Pouco tempo foi postado no portal G1 a informação “Advogado é preso acusado de tentar extorquir milhões de dólares da Nike”.

De acordo com o que foi veiculado na página do G1: ” Michael Avenatti exigia pagamento de US$ 15 milhões a US$ 25 milhões para que um cliente não divulgasse informações contra a companhia. O advogado Michael Avenatti foi preso nesta segunda-feira (25), em Nova York, acusado de tentar extorquir milhões de dólares da Nike. Avenatti também enfrenta acusações em Los Angeles.
Por volta das 16h20, as ações da companhia recuavam 0,30%.
Michael Avenatti já foi preso no ano passado
Mike Blake / Reuters
Na justiça de Nova York, Avenatti e um outro conspirador são acusados de exigir um pagamento mínimo de US$ 15 milhões a US$ 25 milhões, além de um adicional de US$ 1,5 milhão, para que o cliente não se manifestasse contra a Nike.
A acusação envolveria pagamentos ilegais realizados pela companhia para jogadores de basquete universitário dos Estados Unidos.
Nesta segunda-feira, Avenatti chegou a publicar em redes que planejava realizar uma coletiva de imprensa sobre a Nike na manhã de terça-feira (26).
Initial plugin text
Na Califórnia, ele enfrenta acusações de desviar dinheiro de um cliente para quitar despesas próprias e de fraude por se valer de declarações falsas de impostos para obter empréstimos de milhões de dólares.
Prisão em novembro
Michael Avenatti foi preso em novembro do ano passado em Los Angeles por um caso de violência doméstica. Ele era advogado da atriz pornô Stormy Daniels na batalha judicial com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.
Daniels afirmou ter tido um caso com Trump em 2006, ter assinado um acordo garantindo que ficaria em silêncio sobre isso e que recebeu, para esse fim, US$ 130 mil nos últimos dias da campanha presidencial em 2016, da qual ele saiu vitorioso. “

Continuaremos seguindo as notícias relacionadas e a cada novidade atualizaremos o site.