Bolsas asiáticas fecham mistas, em reação mais contida a alerta de recessão



Hoje, a poucos instantes aconteceu a publicação através do link do: ISTO, da notícia “Bolsas asiáticas fecham mistas, em reação mais contida a alerta de recessão”

De acordo com o que foi informado pelo portal ISTO:

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quinta-feira, mostrando reação mais contida à inversão da principal curva de juros dos Treasuries, que gerou temores de nova recessão nos Estados Unidos e derrubou os mercados acionários globais ontem.

O índice japonês Nikkei teve queda acentuada em Tóquio, de 1,21%, terminando o pregão a 20.405,65 pontos, o menor nível em seis meses.

Na China, por outro lado, os mercados ficaram no azul, com ganho de 0,25% do Xangai Composto, a 2.815,80 pontos, e valorização de 0,53% do menos abrangente Shenzhen Composto, a 1.517,07 pontos.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng subiu 0,76% em Hong Kong, a 25.495,46 pontos, ainda se recuperando de perdas que acumulou durante recentes manifestações populares, mas o Taiex caiu 0,96% em Taiwan, a 10.327,13 pontos. Em Seul, não houve negócios hoje devido a um feriado na Coreia do Sul.

Ontem, investidores globais ficaram apreensivos quando o juro da T-note de 10 anos ficou temporariamente abaixo do da T-note de 2 anos, um fenômeno que não ocorria desde 2007 e que sinaliza risco de recessão da economia americana. Já o rendimento do T-bond de 30 anos vem renovando mínimas históricas, chegando a operar abaixo da barreira psicológica de 2%.

A inversão da curva de juros das T-notes de 2 e 10 anos veio na esteira de indicadores fracos da China e da Europa, que reavivaram temores em relação à saúde da economia global, e apesar de um recente alívio nas tensas discussões comerciais entre Washington e Pequim. Na terça-feira (13), os EUA decidiram remover alguns produtos da lista de bens chineses que passarão a pagar tarifas de 10% a partir de 1º de setembro e adiar a tarifação de outros bens – como celulares e laptops – para 15 de dezembro.

O movimento dos Treasuries afetou hoje ações bancárias negociadas na Ásia. No Japão, os papéis do Mitsubishi UFJ Financial Group caíram 1,09% e os do Nomura recuaram 0,6%. Já em Hong Kong, a ação local do britânico HSBC registrou baixa de 0,91%.

Na Oceania, os grande bancos da Austrália também sofreram, com quedas de cerca de 3%, levando a Bolsa de Sydney a apresentar a maior desvalorização diária em mais de três anos. O índice S&P/ASX 200 caiu 2,85%, a 6.408,10 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

O post Bolsas asiáticas fecham mistas, em reação mais contida a alerta de recessão apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

Vamos continuar seguindo as notícias e postando notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *