Caixa quer fazer IPOs de unidades a partir do 1º trimestre de 2020, diz presidente



Hoje, a poucos instantes atrás divulgado através do portal: G1, da notícia “Caixa quer fazer IPOs de unidades a partir do 1º trimestre de 2020, diz presidente”

Segundo o que foi informado através do site G1:
A primeira abertura de capital será a da Caixa Seguridade. Placa do banco Caixa Econômica Federal é vista na avenida Berrini, na zona sul de São Paulo
Marcelo Brandt/G1
A Caixa Econômica Federal pretende realizar uma sequência de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) de suas subsidiárias a partir do início do ano que vem, disse o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães, nesta quarta-feira (23)
A primeira abertura de capital será a da Caixa Seguridade. O executivo acrescentou que o desejo é fazer a operação ainda no primeiro trimestre de 2020, mas que quer realizar o processo “com tranquilidade” e “após conversas com o Tribunal de Contas da União”.
Falando em evento da FGV, Guimarães afirmou ainda que a Caixa pretende realizar o IPO de sua área de cartões e mais a frente da Caixa Loterias e da gestora de ativos.
O executivo não quis revelar quanto o banco poderá arrecadar com as operações, que incluem joint ventures.
Guimarães também reafirmou que há em discussões no governo sobre mudanças no programa Minha Casa Minha Vida para o ano de 2020. Sem dar mais detalhes, o presidente da Caixa colocou em dúvida a necessidade da manutenção da faixa 3 do programa habitacional, voltada a famílias com renda bruta mensal de até R$ 7 mil.
“A discussão sobre faixas esta acontecendo agora no governo e, o faixa 3, que não tem subsídio, é necessário ou não?”, disse o presidente da Caixa. “Nosso objetivo é até junho do ano que vem lançar crédito habitacional sem IPCA e sem TR. Esse é o mais fácil para o cliente comparar com outros produtos e mais fácil para securitizar. Passará a ser para o banco um risco financeiro”, declarou ele.
O executivo estimou que até meados do ano que vem a Caixa estará preparada para lançar uma linha de crédito habitacional com taxas pré fixadas, mas se a CEF conseguir agilizar a securitização de sua carteira de financiamento para casa própria, hoje avaliada em R$ 100 bilhões, esse prazo pode ser antecipado.
A Caixa está presente em mais de 5,4 mil cidades brasileiras e até o ano que vem o banco pretende estar em todos os 5.570 municípios do país através de correspondentes bancários, lotéricas e agências, disse Guimarães.

Continuaremos a seguir as novidades e postando vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *