Estudantes de universidades públicas e privadas de BH vão ser vacinados contra o sarampo



poucos instantes aconteceu a veicução no portal: Hoje em Dia, da notícia “Estudantes de universidades públicas e privadas de BH vão ser vacinados contra o sarampo”

De acordo com o divulgado pelo site Hoje em Dia:

Cerca de 40 mil doses de vacina contra o sarampo vão ser disponibilizadas para estudantes de universidades públicas e privadas de Belo Horizonte. A ampliação da cobertura vacinal em jovens adultos foi adotada pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que fez parceria com universidades. A proposta é que alunos de enfermagem das faculdades apliquem as doses.

Nas Faculdades Kennedy e Promove, cerca de de 15 alunos, acompanhados de professores, vão aplicar as vacinas a partir da próxima segunda-feira (2), na clínica da Faculdade de Enfermagem. “Devemos buscar as doses (disponibilizadas pela Secretaria de Saúde) na próxima quinta (29) e a expectativa é que na segunda os alunos já sejam vacinados”, explicou a coordenadora do curso de Enfermagem, a professora Débora Gomes.

Ainda segundo a coordenadora, são esperadas cerca de mil doses que devem ser aplicadas em alunos das três unidades: Prado, João Pinheiro e Venda Nova. Nesta semana, cartazes devem ser espalhados pelas escola com a explicação sobre o serviço.

Além das Faculdades Kennedy e Promove, também participam da ação a Faculdade de Ciências Médicas, o Claretiano Centro Universitário, o Centro Universitário Estácio de Sá, a Faemg, o Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, o Centro Universitário Newton Paiva, a Faculdade Novo Rumo, a Faculdade Pitágoras, a PUC Minas, a UFMG, a UMA, a UNI e a Unifenas. A data da vacinação será definida pelas universidades.

“Considerando que o grupo com menores coberturas vacinas são os adultos jovens, ou seja, o público das universidades, nós queremos conhecer a situação vacinal desses estudantes. Muitos, inclusive, vêm de outras cidades para estudar aqui”, explicou a diretora de Promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Lúcia Paixão.

O esquema vacinal para adultos é o seguinte: duas doses para quem tem até 29 anos de idade. E a partir de 30 anos é necessária apenas uma dose. Deve ser imunizado quem nunca se vacinou contra a doença.

Reforço

Seguindo determinação do Ministério da Saúde, a Prefeitura vai ampliar a vacinação contra sarampo para todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias. É importante ressaltar que essa dose não é considerada válida para o esquema vacinal de rotina e a criança deve receber novamente a vacina aos 12 e 15 meses, observando o intervalo mínimo de 30 dias para revacinação. 

E este ano, a PBH já vacinou 320 profissionais de hotéis da capital que receberam seleções e turistas para a Copa América. Além dos trabalhadores do setor hoteleiro, a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a BHTrans, imunizou cerca de 260 motoristas de táxi e de transporte suplementar contra a doença.

Quem ainda não foi vacinado deve procurar um Centro de Saúde para receber a imunização. A vacina contra o sarampo está disponível durante todo o ano, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas.

A transmissão do sarampo ocorre por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Os sintomas do sarampo são febre alta, conjuntivite, tosse e manchas vermelha no corpo.

Fonte: PBH

Leia mais:
Mais uma unidade de saúde é fechada por suspeita de sarampo em BH
Minas investiga 55 casos de sarampo; três têm forte indício de confirmação, segundo Saúde

 

 

Continuaremos a seguir o canal e postando notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *