Irã exibe destroços de drone americano para provar que aeronave caiu em suas águas



Hoje, a alguns minutos publicado através do site: G1, da notícia “Irã exibe destroços de drone americano para provar que aeronave caiu em suas águas”

Segundo o que foi informado pelo site G1:
Aeronave não tripulada dos EUA foi derrubada pelo Irã na quinta (20); americanos dizem que ela sobrevoava águas internacionais. Destroços de drone americano abatido pelo Irã, de acordo com a Guarda
Divulgação
As autoridades do Irã exibiram nesta sexta-feira (21), em Teerã, destroços do avião não tripulado americano derrubado na quinta-feira (20) e asseguraram que o fato de estar em águas territoriais iranianas é uma prova de que o aparelho violou seu espaço aéreo.
Durante a exibição, à qual só tiveram acesso alguns meios de comunicação oficiais, o comandante da Força Aeroespacial da Guarda Revolucionária, Amir Ali Hayizadeh, explicou que as partes recuperadas do drone estavam flutuando em águas territoriais do Irã.

Parte dos destroços exibidos na TV pública iraniana
Divulgação
“O fato de que o Irã possua partes dos destroços do aparelho não tripulado demonstra que este tinha violado o espaço aéreo iraniano e estava realizando atos de espionagem”, destacou Hayizadeh, de acordo com a agência local “Mehr”.
O comandante da Guarda Revolucionária também ressaltou, como já fizeram antes outros responsáveis, que as forças iranianas advertiram a aeronave americana, mas que segundo acrescentou, “infelizmente” não houve resposta.
Autoridades do Irã dizem que receberam mensagem de Trump alertando para ataque
“A última advertência foi emitida pelo exército do Irã dez minutos antes de o drone ser derrubado”, detalhou Hayizadeh, advertindo que a segurança nacional é sua “linha vermelha”.
EUA quase retaliaram Irã por causa de ataque a drone
O presidente Donald Trump afirmou em uma rede social que os Estados Unidos estavam prontos para bombardear o Irã em retaliação à derrubada do drone, mas ele decidiu interromper a ação 10 minutos antes.
Os EUA contestam a versão de que a aeronave sobrevoava uma área do Irã: os norte-americanos dizem que o drone estava sobre águas internacionais. O avião custa US$ 130 milhões (cerca de R$ 498 milhões).

Vamos continuar seguindo o canal e divulgado vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *