John Forman, indicado para conselho de administração da Petrobras, decide não aceitar convite



A Pouco tempo foi publicado através do site G1 a notícia “John Forman, indicado para conselho de administração da Petrobras, decide não aceitar convite”.

Segundo publicado no portal G1: ” Segundo empresa, ele alegou razões de ordem pessoal ‘visando evitar qualquer tipo de constrangimento ou problema para a companhia’. A Petrobras informou nesta quarta-feira (16) que recebeu carta de renúncia de John Milne Albuquerque Forman à sua indicação para membro do conselho de administração da companhia, conforme comunicado divulgado ao mercado.
A indicação havia sido anunciada na segunda-feira. Além de Forman, também foram indicados na ocasião o economista João Cox e o almirante de esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, apontado para presidir o colegiado.
“Forman agradeceu o convite para participar do conselho de administração e informou que as razões para tal decisão são de ordem pessoal, visando evitar qualquer tipo de constrangimento ou problema para a companhia, considerando as notícias veiculadas na imprensa, desde a sua indicação, sobre condenação em processo na CVM, que se encontra atualmente em discussão no judiciário”, destacou a Petrobras em nota.
Segundo a Petrobras, a estatal ainda não recebeu nova indicação do governo para a vaga. “

Continuaremos seguindo as notícias relacionadas e a cada novidade atualizaremos o site.