Música erudita renunciou à liberdade e ficou refém do jazz



alguns minutos atrás ocorreu a postagem no site: Folha, da notícia “Música erudita renunciou à liberdade e ficou refém do jazz”

Segundo o que foi informado através do site Folha:
A tradição tem apenas uma armadilha: a preguiça do bonito. O artista que não procura romper atavismos pode fazer coisas mais belas do que aquele que busca rompê-los, já que à dedicação sempre se revela o caminho. No entanto, essa garantia pode restringir a compreensão da própria beleza.
Leia mais (07/28/2019 – 02h00)

Continuaremos seguindo as novidades e postando vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *