Neymar não é o único! Relembre as acusações de estupro contra atletas



Hoje, a poucos instantes atrás ocorreu a postagem através do site: R7, da notícia “Neymar não é o único! Relembre as acusações de estupro contra atletas”

De acordo com o informado pelo link R7:

Neymar foi acusado na última sexta-feira (31) por uma mulher que afirma ter sido estuprada pelo craque do PSG e da seleção brasileira. Segundo ela, o crime teria ocorrido em Paris, no dia 15 de maio deste ano. Diante da denúncia, veementemente negada por Neymar, o atacante entra para a relação de jogadores acusados de abusar sexualmente de mulheres. Relembre outros casos nas próximas fotos

Neymar será investigado por expor fotos da denunciante de estupro

Robinho

O atacante foi acusado de estupro em duas oportunidades. A primeira delas aconteceu em 2009, quando ele atuava pelo Manchester City e foi denunciado pelo abuso de uma jovem dentro de uma casa noturna. Após a investigação policial, foi comprovado que a
mulher estava mentindo e que Robinho era inocente

Robinho

A segunda acusação contra o atacante surgiu em 2013, quando o brasileiro atuava pelo Milan. A suposta vítima tinha 22 anos e, segundo as investigações, o crime teria contado com a participação de Robinho e mais cinco pessoas. Em 2017, o craque foi condenado a nove anos de prisão pelo caso, mas aguarda em liberdade a conclusão do processo. Ele garante não ter cometido violência sexual

Cristiano Ronaldo

O craque português foi acusado de estupro no ano de 2009, em Las Vegas. A denunciante era uma ex-modelo que disse ter se encontrado com Ronaldo a convite do atacante. Às autoridades, a mulher relata que ao chegar à suíte de CR7 foi abusada sexualmente por ele

Jobson

O ex-jogador do Botafogo
foi acusado de estuprar quatro adolescentes em 2016. Na ocasião, o atleta foi suspenso
de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até 31 de março
de 2018

Lucas Piazon e Andrey Ventura 

O meia-atacante e o goleiro foram acusados de terem abusado sexualmente de uma garota durante os jogos do Pan-Americano de 2015, realizados no Canadá. Em janeiro de 2016, a promotoria canadense teria retirado a acusação contra os jogadores

Benzema 

O atacante foi acusado, em 2010, de ter tido
relações sexuais com uma garota de programa de 16 anos. O francês negou ter contratado a garota e, quatro anos depois, foi
absolvido pela Corte Criminal de Paris

Frank Ribery


O ex-jogador do Bayern de Munique e da
seleção francesa esteve envolvido no mesmo caso que
Benzema. Na contramão do que disse o atacante, Ribery admitiu ter tido relações com a garota de programa, alegou não saber que a jovem era menor de idade e, por isso, não estava cometendo um
crime. A Justiça francesa também aceitou a argumentação de defesa e absolveu o atleta

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

*Estagiário do R7, sob supervisão de Alexandre Garcia

Ched Evans

Atacante galês revelado pelo Manchester
United, Evans ficou dois anos preso após ser condenado pelo crime de estupro. Ele sempre alegou que a
relação sexual com a denunciante de 19 anos havia sido consensual, mas a Justiça avaliou que a vítima estava embriagada ao se relacionar com o atleta. Em
2016, Evans teve direito a um novo julgamento e foi absolvido

Adam Johson 

O meia inglês, que defendeu o Manchester City por duas temporadas, foi preso em março de 2016 por abuso sexual de menor. O
jogador foi condenado a seis anos de prisão por ter praticado sexo virtual e
ter um relacionamento físico com a garota de 15 anos. No julgamento, Johnson
admitiu ter aliciado e beijado a adolescente, cumpriu a pena e foi liberado neste ano

Vamos continuar seguindo o canal e publicando vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *