Nos 50 anos do Woodstock, relembre outros festivais clássicos



Hoje, a poucos instantes aconteceu a divulgação através do portal: G1, do artigo “Nos 50 anos do Woodstock, relembre outros festivais clássicos”

Conforme o que foi informado pelo portal G1:
Monterey Pop leva crédito de ter lançado Jimi Hendrix e Janis Joplin, e Live Aid foi palco de apresentação lendária do Queen em 1985. Festival de Woodstock em agosto de 1969
Reuters/TedBerard
A cultura de festivais de música nas últimas décadas se tornou uma parte institucionalizada da indústria, mas sua história remonta a meados do século XX.
Woodstock completa 50 anos nesta quinta (15) e é, com frequência, apontado como um momento seminal na história dos festivais modernos, que incluem outros momentos também bastante marcantes. Confira abaixo alguns desses eventos:
Monterey Pop
Um festival de três dias realizado durante o “Summer of Love” de 1967, o californiano Monterey Pop recebe o crédito de ter lançado lendas do rock como Jimi Hendrix, Janis Joplin e The Who.
O line-up de 16 a 18 de junho para o festival realizado perto de São Francisco atraiu centenas de milhares de participantes e contou com 32 artistas, incluindo a estrela do soul Otis Redding e o músico indiano de sitar, Ravi Shankar.
A performance histórica de Hendrix na Bay Area, neste que é considerado o primeiro festival de rock, viu o falecido ícone acender sua Fender Stratocaster em chamas após sua interpretação de “Wild Thing”.
“Sem Monterey, não haveria Woodstock, nem mesmo Coachella. Foi um evento musical e cultural que refletiu tudo de bom sobre o rock dos anos 1960”, disse Bob Santelli, diretor-executivo fundador do Museu do Grammy, que fez uma apresentação sobre o evento para o seu 50º aniversário.
Live Aid
Promovido como uma “jukebox global”, o concerto beneficente transatlântico Live Aid de 1985 tinha a intenção de arrecadar dinheiro para agências de ajuda humanitária e conscientizar sobre a fome em massa na Etiópia.
Algumas das maiores estrelas da época, incluindo Madonna, U2, David Bowie, Santana e Eric Clapton, estiveram entre os que tocaram no estádio de Wembley, em Londres, e no estádio John F. Kennedy, na Filadélfia. Shows semelhantes estavam acontecendo no mundo, incluindo na então União Soviética, Canadá, Alemanha Ocidental e Iugoslávia.
Mais de um bilhão de pessoas em todo mundo assistiram à transmissão ao vivo, um dos eventos de maior audiência de todos os tempos na televisão.
Considerada até hoje uma das melhores apresentações ao vivo do mundo, a empolgante e lendária participação do Queen, liderado por Freddie Mercury, entrou para a história.
Newport Folk Festival
Fundado em 1959 como parte do já consolidado Newport Jazz Festival para mostrar o crescente revival do folk, o Newport Folk Festival talvez seja mais conhecido como o local onde Bob Dylan plugou sua guitarra elétrica em 1965, irritando os puristas folk da época.
Ele voltou a tocar nesse festival somente em 2002, quando se apresentou com uma peruca e barba falsa.
Edição de 2019 do Newport Folk Festival aconteceu no último final de semana de julho e teve show de Warren Haynes no primeiro dia
Mike Lawrie/GettyImagesNorthAmerica
Considerado um dos primeiros festivais de música moderna dos Estados Unidos, o fim de semana anual de Newport, realizado no estado de Rhode Island, leste do país, também é famoso como um catalisador para canções de cunho político. Entre elas, a interpretação de Pete Seeger de “We Shall Overcome”, que se tornou um hino do movimento de defesa dos direitos civis nos EUA.
É considerado importante para o movimento dos direitos civis dos anos 1960 e se tornou, mais recentemente, uma plataforma para as mudanças climáticas, junto com o ativismo feminista.
Isle of Wight
Realizado pela primeira vez em 1968, o Festival Isle of Wight ocorreu em uma ilha britânica no Canal da Mancha e explodiu no ano seguinte, especialmente graças à aparição de Bob Dylan.
Foi a primeira apresentação pública do lendário músico poeta desde que sofreu um acidente de moto três anos antes.
Ele partiu para a Isle of Wight no mesmo dia em que começou o Festival de Woodstock em 1969. Esnobou os organizadores do evento em Nova York que esperavam que ele tocasse lá, já que morava na região há algum tempo.
Edição de 2019 do Isle Of Wight Festival aconteceu em junho e teve Noel Gallagher, George Ezra e Biffy Clyro como atrações principais
Divulgação/IsleOfWightFestival
O Festival de Isle of Wight em 1970 se tornou o maior evento do seu tempo, com cerca de 600.000 a 700.000 pessoas reunidas para ver estrelas como Jimi Hendrix, The Doors, Miles Davis, Joan Baez e Sly & the Family Stone.
Assim como Woodstock, acabou virando um evento gratuito, depois que os números tornaram impossível conter as multidões.
O caos levou a uma lei britânica que impedia multidões de mais de 5.000 pessoas de participarem de um evento ao ar livre na ilha. O festival ressurgiu em 2002 e tem sido realizado anualmente desde então.

Continuaremos seguindo as notícias e postando notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *