Paulo Maluf sobre o programa “Roda Viva”: “aquilo é roda morta” (eleições SP 1990)

Foi publicado através do canal Canal do Fishuk o vídeo “Paulo Maluf sobre o programa “Roda Viva”: “aquilo é roda morta” (eleições SP 1990)”.

Segundo divulgado pelo canal Canal do Fishuk: “Visite meu blog: http://fishuk.cc\r\n\n\”Ora, meus amigos, aquilo não é ‘Roda Viva’, aquilo é roda morta. Um programa da CURRRLLLTURA, a emissora do governador do estado. Perguntas e respostas combinadinhas, tudo decorado. É uma brincadeira. Aquilo não é debate, é uma grande marmelada. E o povo de São Paulo não é idiota para ser enganado de forma tão estúpida!\” Vídeo completo (propagandas dos dois candidatos: http://youtu.be/VJJtbXoGH3w).\n\nAssim o ex-senhor feudal da Paulistânia, Paulo Salim Maluf, se referiu ao programa de entrevistas \”Roda Viva\”, da TV Cultura (que é estadual), após diversas acusações mútuas entre ele e Luiz Antônio Fleury Filho, seu adversário no 2.º turno das eleições de 1990 pra governador, de que um ou outro estaria fugindo dos debates. Ainda hoje, constantemente criticado (sobretudo por causa do nível dos jornalistas), o \”Roda Viva\” entrevista o máximo possível de candidatos em eleições presidenciais e pro governo de SP, além de outros políticos de destaque em certas épocas.\n\nApós uma disputa acirrada, Maluf (então do PDS, que hoje é seu mesmo Progressistas) – que ganhou o 1.º turno – e Fleury, secretário de Segurança do então governador Orestes Quércia (ambos do PMDB), disputaram em novembro o 2.º turno. Fleury saiu vencedor, e seu mandato de 1991 a 1995, apesar dos esforços sociais, acabou sendo marcado pela falência econômica de SP e pelo \”massacre do Carandiru\” (1992). Quércia, ex-prefeito de Campinas e governador desde 1987, tocou muitas obras importantes, mas sempre esteve afogado em denúncias de corrupção.\n\r\n#rodaviva #maluf #tvcultura #historia #brasil #politica #saopaulo #fleury #arena #pmdb #debateeleitoral #eleições #corrupção #governador #propaganda”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *