Pirapora é excluído da Segunda Divisão



poucos instantes atrás aconteceu a publicação no portal: Hoje em Dia, da notícia “Pirapora é excluído da Segunda Divisão”

De acordo com o informado através do link Hoje em Dia:

O Pirapora Futebol Clube foi oficialmente excluído da disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão 2019. A decisão da Federação Mineira de Futebol (FMF) foi divulgada no começo da tarde desta terça-feira (13). 
 
O ofício do diretor de Competições foi baseado no art. 29, 5º do Regulamento Específico da Competição (REC), que informa que “um clube será excluído do Campeonato se não inserir, para a primeira rodada, lista contendo o número mínimo de 7 (sete) jogadores regulares – que estejam com o nome publicado no BID até o dia 9/8/2019, ressaltando o prazo disposto no artigo 22, parágrafo único”.
 
O time, além de ser punido com a exclusão no Estadual deste ano, terá que cumprir dois anos de suspensão em todas as competições chanceladas pela entidade. Não, obstante, terá que pagar multa de R$ 100 mil.
 
O clube está fora das competições profissionais há dez anos. A última ocorreu ainda em 2009. Na época, O Pirapora Futebol Clube conseguiu apenas uma vitória em oito partidas disputadas.
 
A diretoria da Federação Mineira de Futebol informou ainda, no item D, que “cada jogo designado na tabela original envolvendo o Pirapora Futebol Clube será lançado na classificação a vitória do clube adversário, pelo placar de 3 a 0, bem como os três pontos respectivos. Não será preciso comparecimento da equipe adversária, bem como da arbitragem ou qualquer outro profissional aos jogos contra o Pirapora Futebol Clube, que apenas constarão na tabela por formalidade e execução deste item”. O ofício será encaminhado ao Tribunal de Justiça Desportiva.
 
DEFESA 
Como o time não conseguiu inscrever os atletas no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), há alguns dias, o Pirapora FC não jogou e “perdeu”. O beneficiado da vez foi o Mamoré. Se o clube conseguisse efetuar a regularização em tempo hábil, pegaria o Araguari AC. A partida seria realizada no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, onde os norte-mineiros pretendiam mandar os jogos.
 
O presidente da equipe, Luiz Pereira, afirmou que o time vai recorrer da decisão. “O primeiro passo aqui é resolver com a Federação. Está dentro do regulamento, mas não quer dizer que essa penalidade vai vir sobre o Pirapora. Eles colocaram aquilo que estava no regulamento. Nós vamos entrar com a nossa defesa e recorrer em cima disso aí. A negociação foi hoje (ontem) e amanhã (hoje) mesmo a gente vai recorrer”, afirmou. 

Continuaremos a seguir o canal e publicando vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *