Renault Clio chega à 5ª geração e fica mais sofisticado para subir na vida



A Pouco tempo foi veiculado no portal G1 a notícia “Renault Clio chega à 5ª geração e fica mais sofisticado para subir na vida”.

Confomre informação divulgada no portal G1: ” Central multimídia com tela vertical e quadro de instrumentos digital mostram que o compacto está mirando no público dos carros médios. Renault Clio ficou a cara do “irmão” maior Megane
Divulgação/Renault
O Renault Clio chegou à sua quinta geração com direito a desenho inspirado no Megane e quadro de instrumentos digital. A estratégia de maior sofisticação busca espaço entre segmentos superiores. Para o Brasil, porém, o modelo poderá chegar por uma solução mais barata.
As linhas do novo Clio repetem a identidade já vista no restante da linha Renault: a dianteira é marcada pelos faróis com “apêndices” de leds em formato de bumerangue, enquanto a traseira é volumosa e alta.
De lado, a linha de cintura alta e ascendente e as maçanetas traseiras “escondidas” ao lado das janelas (para simular uma carroceria de duas portas) dão ares esportivos ao compacto.
Renault Clio
Divulgação/Renault
A versão RS Line, da unidade azul das imagens, substitui a GT-Line (disponível atualmente no Sandero brasileiro).
Diferentemente dos rivais, como Citroën C3 e Nissan March, que cresceram em suas novas gerações, o Renault ficou 1,4 cm menor no comprimento (agora com 4,05 metros) e 3 cm na altura (agora com 1,44 metro).
Além das dimensões e do desenho externo, o Clio também merece destaque para o interior, que deixou a simplicidade visual e de acabamento no passado.
Renault Clio
Divulgação/Renault
Agora o painel demonstra mais cuidado, com porções emborrachadas, textura imitando fibra de carbono na parte inferior, frisos vermelhos na versão RS Line, quadro de instrumentos digital de 10 polegadas e central multimídia com tela vertical à la Tesla, que pode ter até 9,3 polegadas.
Detalhes técnicos, como motorização e câmbio, ainda não foram revelados pela Renault.
Renault Clio
Divulgação/Renault
E no Brasil?
Para o mercado brasileiro a Renault deve apostar em uma solução mais barata. É possível que o novo Clio chegue por aqui em uma versão mais simplificada, assim como acontece com o Captur em relação ao europeu, para substituir o atual Sandero.
Ainda não se sabe, porém, se o provável modelo virá como uma nova geração do Sandero com desenho inspirado no Clio ou como um substituto declarado e batizado de Clio.
Antes disso acontecer, a dupla Sandero e Logan passarão por mais uma mudança visual por aqui, prevista para estrear ainda em 2019. “

Continuaremos seguindo as notícias relacionadas e a cada novidade atualizaremos o site.