Segundo indígenas, filha adotiva de Damares Alves foi levada de sua tribo ilegalmente



A Pouco tempo foi postado no site Blasting News a informação “Segundo indígenas, filha adotiva de Damares Alves foi levada de sua tribo ilegalmente”.

De acordo com o site do Blasting News: “

Durante entrevista à revista Época, indígenas da tribo de Kamayurá alegam que Kajutiti Lulu Kamayurá, filha adotiva da ministra da Mulher, Damares Regina Alves, foi levada de Kamayurá ilegalmente quinze anos atrás. A tribo de Kamayurá, reserva do Xingu, é localizada no Mato Grosso.

De acordo com Mapulu, pajé da aldeia, a ministra Damares e sua amiga Márcia Suzuki visitaram a tribo há quinze anos, e se apresentaram como missionárias usando o pretexto de realizar um tratamento dentário, para levar Lulu ilegalmente do local. Na época a indígena tinha apenas seis anos de idade.

…Leia mais

Continuaremos seguindo as notícias relacionadas e a cada novidade atualizaremos o site.