Toyota Corolla híbrido ‘americano’ tem consumo médio de 22 km/l



Hoje foi veiculado através do site G1 a informação “Toyota Corolla híbrido ‘americano’ tem consumo médio de 22 km/l”.

Segundo informado na página do G1: ” Modelo dos Estados Unidos tem o mesmo motor do Prius vendido por aqui. Sedã nacional deve repetir o conjunto mecânico, mas com tecnologia flex. Toyota Corolla
Divulgação/Toyota
A nova geração do Toyota Corolla terá uma versão híbrida, e isso não é mais segredo. Para o Brasil, a fabricante ainda não confirmou, mas além desta novidade, o sedã deve ser o primeiro a combinar motor elétrico com outro a combustão que aceita gasolina e etanol.
Enquanto o novo Corolla híbrido flex não chega ao Brasil, algumas informações de modelos estrangeiros dão pistas sobre como será a tão esperada versão.
Corolla ‘brasileiro’ vai se parecer com o europeu
Indaiatuba recebeu R$ 1 bilhão para fazer novo Corolla
Toyota já testa híbrido flex
Segundo o órgão responsável por divulgar o consumo dos veículos vendidos nos Estados Unidos, por lá, o novo Corolla híbrido terá consumo médio de 22 km/l.
Híbrido e flex
Toyota Prius flex começa testes no Brasil
Rafael Miotto/G1
O número é semelhante ao do Prius, híbrido com o qual o sedã irá compartilhar plataforma e conjunto mecânico.
Ainda que a aferição seja de um órgão americano, de um produto que será produzido e vendido nos Estados Unidos a partir do segundo semestre, a informação interessa ao público brasileiro.
Isso porque, tanto o novo Corolla híbrido, assim como o Prius atualmente vendido no Brasil, compartilham o mesmo conjunto mecânico, composto por um motor a combustão de 1.8 litro, além de um elétrico. Somados, eles entregam 122 cavalos.
A Toyota testa, desde o início do ano passado, o Prius com esta tecnologia. Não se sabe se o conjunto híbrido flex terá números diferentes de potência.
Novo Corolla
Toyota Corolla sedã da 12ª geração
Toyota/Divulgação
O Corolla nacional também deve ter um visual diferente do modelo americano. A inspiração do veículo vendido no Brasil deve ser a versão europeia, tradicionalmente mais refinada e comportada.
Para produzir o sedã médio em sua nova geração, a fábrica da marca em Indaiatuba (SP) está sendo modernizada com investimentos de R$ 1 bilhão.
Toyota Corolla sedã da 12ª geração
Toyota/Divulgação “

Continuaremos seguindo as notícias relacionadas e a cada novidade atualizaremos o site.