Vídeo de queimada no AM mostra momento em que tamanduás são vistos e salvos do fogo



alguns momentos ocorreu a publicação no portal: G1, do artigo “Vídeo de queimada no AM mostra momento em que tamanduás são vistos e salvos do fogo”

Conforme o que foi veiculado pelo link G1:
Imagens mostram equipe interrompendo trabalhos para resgatar tamanduá-mirim que caiu de árvore. Caso aconteceu nesta terça-feira (27), em Apuí. Tamanduá-mirim é resgatado durante incêndio no Sul do Amazonas
Reprodução
Dois tamanduás-mirins foram resgatados por brigadistas do Ibama durante um incêndio em uma área de mata em Apuí, no Sul do Amazonas. Em vídeo, um funcionário aponta, no topo de uma árvore em chamas, um tamanduá-mirim que pegava fogo, e ordena: “Recua! Olha o bicho morrendo lá! Tira ele do fogo”. O animal cai no chão, e a equipe inicia o resgate.
“Esse é o bicho que mais morre em incêndios”, narra o brigadista que filma, enquanto outro agente usa uma mangueira para amenizar as queimaduras no animal. “Mas esse aqui nós salvamos”, retruca outro, que segura o tamanduá pelo rabo durante o resgate.
Tamanduás são salvos por brigadistas durante incêndio em mata no Sul do Amazonas
Ao fundo, em meio à forte queimada, uma voz alerta: “tem outro aqui”. Ele corre com o bicho pendurado pelo rabo e mostra que, neste segundo, as queimaduras são bem maiores. Sem jogar água dessa vez, por cuidado aos ferimentos, os agentes de combate ao fogo do Ibama desabafam.
“Ó porque o problema do fogo. Olha porque temos que proteger. É a natureza, né…”
Os tamanduás-mirins, após o resgate, foram levados até um posto do Ibama e receberam os primeiros cuidados. Um deles foi devolvido à natureza, em área segura. O outro será encaminhado para tratamento em Manaus, no Centro de Triagem do Ibama.
Queimadas em Apuí e Sul do Amazonas
Os imagens que começaram a circular nesta quinta-feira (29) foram registradas dois dias atrás, em Apuí. A área onde a equipe atua é, hoje, a mais afetada pelas queimadas em todo o Amazonas. Entre janeiro e julho deste ano, só na área, foram 673 registros de focos de incêndio.
Os dados do Amazonas são os piores registrados em agosto entre os estados que fazem parte da Amazônia Legal, área que engloba a totalidade dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e parte do estado do Maranhão.
Initial plugin text

Vamos continuar seguindo o canal e divulgado vídeos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *