Vídeo: Mourão e Salles compartilham vídeo falso sobre queimadas na Amazônia

A Alguns minutos foi publicado através do canal do youtube Por Brasília o vídeo “Vídeo: Mourão e Salles compartilham vídeo falso sobre queimadas na Amazônia”.

De acordo com o que foi publicado pelo Por Brasília: “Vídeo: Mourão e Salles compartilham vídeo falso sobre queimadas na Amazônia\nProduzido por pecuaristas, vídeo mostra mico-leão-dourado, animal típico da Mata Atlântica, enquanto fala sobre a Amazônia. Postagens repercutiram nas redes sociais.\nO vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, publicaram em suas redes sociais um vídeo que nega que a Amazônia esteja queimando. Porém, as imagens compartilhadas trazem um mico-leão-dourado, animal encontrado apenas na Mata Atlântica.\nO vídeo em questão, cujo título é “A Amazônia não está queimando”, conta com uma narração em inglês e legendas em português, e foi produzido pela Associação de Criadores do Pará (AcriPará), que reúne pecuaristas do estado. Em 1 minuto e 30 segundos, o narrador, que aparenta ser uma criança, nega que as queimadas estejam acontecendo: ‘Você está sentindo cheiro de fumaça? Claro que não! Pois a Amazônia não está queimando novamente’, diz o trecho inicial da produção, que termina com: “De qual lado você está? De quem preserva de verdade ou de quem manipula seus sentimentos?”.\nO vice-presidente da República citou a frase final do vídeo e completou em seu twitter: “O Brasil é o país que mais preserva suas florestas nativas no mundo. Essa é a verdade. Nós cuidamos!”\nNesta quinta-feira (10/9), ao ser questionado por jornalistas, Mourão argumentou que o vídeo foi uma resposta aos grupos ativistas que consideram o governo omisso sobre as questões ambientais: “Eles fazem a propaganda deles e a gente faz a contra propaganda. Faz parte do negócio”, pontuou. Sobre a presença do mico-leão-dourado nas imagens, a explicação foi de que se tratava de uma “integração Amazônia-Mata Atlântica\”.\nPor outro lado, em entrevista ao Jornal Hoje, da Rede Globo, o presidente do AcriPará admitiu que o uso do animal no vídeo foi uma \”gafe\”.\n\nPor Bruna Yamaguti Correio Braziliense, Estagiária sob supervisão de Fernando Jordão com informações de Rócio Barreto do Portal Por Brasília\nFoto Reprodução”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *