Sucesso na ISEF: Estudantes Brasileiros Conquistam Premiações em Feira Internacional de Ciências e Engenharia

A Regeneron International Science and Engineering Fair (ISEF), a maior feira de ciências e engenharia do mundo, recebeu brasileiros em sua edição de 2024. Aliás, os estudantes do país foram destaque, conquistando cinco prêmios significativos.

Participação Internacional

A ISEF contou com a participação de mais de 1.600 alunos de cerca de 60 países, concorrendo por bolsas de estudo, estágios e um total de US$ 9 milhões em premiações. Ademais, a competição representou uma excelente oportunidade para jovens talentos de todo o mundo.

Delegação Brasileira

A delegação brasileira foi formada por 28 alunos de ensino médio e técnico de várias regiões do país. Conforme selecionados, 16 vieram da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) de São Paulo e os demais pela Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec) do Rio Grande do Sul.

Prêmio na Grand Awards Ceremony

Na Grand Awards Ceremony, destinada aos primeiros quatro lugares, o Brasil conquistou o segundo lugar na categoria Plant Sciences. Gabrielle de Oliveira Rodrigues, da Escola de Ensino Médio Luiz Girão, em Maranguape (CE), desenvolveu um conservante natural para tomates, feito a partir do mandacaru e da carnaúba, capaz de preservar o fruto por até 27 dias.

Reconhecimento na Special Awards Ceremony

Na Special Awards Ceremony, voltada para prêmios concedidos por instituições parceiras, Carolina de Araujo Pereira da Silva, do Instituto Federal do Rio de Janeiro, recebeu o primeiro prêmio do Drug, Chemical & Associated Association e o terceiro lugar no prêmio da Mary Kay Inc. Sua pesquisa identificou proteínas transportadoras que levam manganês aos tumores cancerígenos, podendo auxiliar no desenvolvimento de terapias para a doença.

Menção Honrosa e Bolsa de Estudo

Alana Carolina da Costa França, Caio Nunes Santana e Emily Kanashiro da Hora, do Instituto Federal da Bahia, receberam menção honrosa da American Chemical Society por seu projeto sobre o uso de borra de café no tratamento de efluentes têxteis.

Analogamente, Pedro Paulo Milhomem Braga, da Escola Santa Teresinha em Imperatriz (MA), selecionado pela Mostratec, recebeu uma bolsa de participação em programa de formação on-line para estudantes de ensino médio no valor de US$ 500 por seu projeto sobre o biopotencial larvicida do Joá Bravo em mosquitos causadores de doenças tropicais.

Importância da Febrace

A Febrace é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia e, anualmente, seleciona nove projetos para participar da ISEF. Com o propósito de estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, a Febrace desempenha um papel crucial na formação de jovens cientistas.

Por fim, a participação e o sucesso dos estudantes brasileiros na ISEF 2024 evidenciam a qualidade e o potencial da educação científica no Brasil. Inesperadamente, os jovens talentos do país mostraram-se capazes de competir e vencer em um cenário internacional, reafirmando a importância de eventos como a ISEF e a Febrace para o desenvolvimento da ciência e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Tag Cloud

Android app apple artesanal banco digital biodiversidade brasil celular ciência com cultura Câmeras decorações dia da mulher educação espelhamento de tela Etecs extinção filme flows fogo fones de ouvido futebol minas gerais MJSP mudanças climáticas música notícias novela pagamentos para rio grande do sul sala de estar saúde SUSP sustentabilidade são paulo tech tecnologia turismo UBS usp vacinação vintage whatsapp